Número de cristãos perseguidos no mundo é maior que a população brasileira

Um relatório anual da ONG internacional Portas Abertas divulgou números sobre a perseguição contra os cristãos no mundo. 365 milhões de pessoas sofrem por professar sua fé em Jesus Cristo, número maior que a população brasileira, de mais de 203 milhões de habitantes.

 

Esse número é o mais elevado em 31 anos. “2023 foi um ano recorde”, afirmou Cristian Nani, diretor do Portas Abertas durante a apresentação do relatório na Itália.

 

Na lista, em 50 países são registrados os maiores níveis de discriminação contra os cristãos. Países asiáticos e africanos são os locais onde os cristãos sofrem elevados níveis de perseguição.

 

A Coreia do Norte mantém-se estável há anos no primeiro lugar, seguida pela Somália e pela Líbia. Além disso, no Médio Oriente e no Norte de África, “os cristãos sentem-se cada vez menos em casa”, afirma o relatório.

 

Dentre os principais sofrimentos da perseguição encontram-se abusos, estupros, casamentos forçados e assassinatos, além de ataques contra igrejas.

 

10 países que mais perseguem cristãos

- Coreia do Norte (Ásia)

- Somália (África)

- Líbia (África)

- Eritreia (África)

- Iêmen (Ásia)

- Nigéria (África)

- Paquistão (Ásia)

- Sudão (África)

- Irã (Ásia)

- Afeganistão (Ásia)

 

Fonte: Vatican News

 
Indique a um amigo