Hoje é celebrada santa Brígida, conhecida pelo

Hoje (1º) é celebrada santa Brígida de Kildare, padroeira da Irlanda junto com são Patrício e são Columbano.

 

Livre para servir a Deus

Santa Brígida é considerada a fundadora do monaquismo feminino na Irlanda, onde nasceu. Ela viveu entre os anos 451 e 525. Nasceu na cidade de Faughart, filha de um rei pagão e de uma escrava, segundo a tradição.

 

Desde muito nova foi apresentada ao cristianismo e se consagrou a Deus. Graças à sua vida de virtudes, conquistou a liberdade e foi batizada por são Patrício. Mais tarde receberia o véu das virgens das mãos de são Melo, sobrinho de são Patrício.

 

Servidora de seu povo

Brígida, junto com outras virgens consagradas, foi morar na cidade de Meath, onde serviu aos mais pobres. Lá ela fez muitos milagres, principalmente curando leprosos, mudos e cegos. A ela é creditado o "milagre da cerveja", com o qual, de um único barril, teria abastecido dezoito igrejas.

 

Há muitos registros históricos que mostram como santa Brígida chegou a ser considerada uma santa em vida.

 

Mosteiro de Kildare

Santa Brígida, também conhecida como Brígida da Irlanda, fundou o mosteiro de Kildare por volta do ano 513, adotando a regra de são Cesário. Esta decisão levou outros mosteiros a adotar ou retomar a mesma regra. O mosteiro de Kildare, liderado por Brígida, promoveu uma extensa renovação do catolicismo em toda a nação.

 

Santa Brígida foi considerada uma mãe espiritual por muitas religiosas ao longo da história. Ela morreu no ano 525 em Kildare e seu corpo foi enterrado em Downpatrick, junto a são Patrício e são Columbano.

 

Fonte: acidigital

 
Indique a um amigo